Professora Giselda Fátima giseldafatima@ig.com.br
 

 

LITERATURA DE CORDEL EMBRULHADO PARA PRESENTE- Junho/2005

A intenção deste cordel
É saudar uma turminha
Que ajuda nossa escola
De manhã e à tardinha
São as mães da APM.
Êta turma animadinha.

Com seus cargos escolhidos
Pelos membros da escola
Bem unidas vão à luta
Topam tudo sem demora
Realizam seus trabalhos
E felizes vão embora.

Elas são trabalhadeiras
A serviço da escola
Porque quer que seus filhinhos
Se orgulhem nesta hora
Do trabalho voluntário
Que estão fazendo agora.

Tem Suzete, tem Valéria,
Sheila, Cida e Maria
Shirlânia, Vânia, Conceição
Tem também a Erondina.
Trazem filhos ajudantes
Pra compor a parceria.

São várias as voluntárias
Se dedicam com paixão
Não tem chuva, não tem sol
Que as faça parar não
Coitado de seus maridos
Vão sozinhos pro fogão.

Para a alegria de todos
Não reclamam do serviço
Fazem planos pro futuro
Sempre novo compromisso
Muito bom contar com elas
Que alegria tudo isso.

Não podemos esquecer
Como são tão valiosas
Ajudando nossa escola
Como pedras preciosas
Tratam todos muito bem
E são muito carinhosas.

O dinheiro não se usa
Se o verso vira presente
O momento até se esquece
Mas o bem é permanente
Fica a nossa gratidão
Que o coração da gente sente.