Cem anos de Cordel no Brasil

 

 

 

No Brasil, foi há aproximadamente cem anos  que as histórias, acontecimentos, contos de tradição oral, foram impressos na forma de folhetos. Isso quer dizer que muitas histórias já existiam oralmente, porém sem registro conhecido.  Temos informações de que o primeiro folheto de cordel impresso no Brasil aconteceu no final do século XIX, em 1890 pelo paraibano Leando Gomes de Barros. Desde então o cordel passou por diverso ciclos, teve auges e declínios, foi muito e também foi pouco lido/ouvido, tendo retomado sua força em meados dos anos 90 e hoje está muito vivo e presente em todo o país, do sertão aos centros urbanos, das escolas às universidades para todos apreciarem sua beleza de rimas.